o que nem sempre é dito, mas deveria ser

Indignação!

                O imbróglio da favela Pinheirinho, em São José dos Campos (SP), continua a indignar cidadãos brasileiros de todos os matizes políticos. Além de tirarem as pessoas das casas com a roupa do corpo (muitos foram obrigados a sair de seus lares sem conseguirem sequer pegar documentos, remédios ou mamadeiras das crianças), agora aparecem vídeos de tratores derrubando as habitações com tudo dentro porque não deixaram os antigos moradores retirarem seus móveis e objetos pessoais! Em algumas delas, até os animais domésticos continuam lá! Há limite para tudo!

É crueldade demasia destruir assim tudo o que essas pessoas conseguiram na vida, que muitas vezes se resume a um punhado de roupas e uma mobília básica – como fogão, geladeira, mesa, cama e sofá. Aliás, falei rapidamente com um amigo hoje e ele me disse que mesmo a mãe dele, que deve estar na casa dos 80 anos, está indignada com o Alckmin.

O episódio também desmoralizou o Judiciário brasileiro, já tão desacreditado no que diz respeito a questões de Justiça. Juízes que se ateem ao lado legal, mas atentam contra a Justiça (essa sim, que merece começar com letra maiúscula), conseguem a “proeza” de serem alvo de desconfiança dos cidadãos, embora devessem estar absolutamente acima de qualquer suspeita.

Tudo isso é um desabafo, que encerro com uma esperança: a de que o povo melhore sua memória em momentos cruciais, como o das próximas eleições.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: