o que nem sempre é dito, mas deveria ser

Sem noção!

“Vinte opções de franquias que custam menos que um carro popular” é o título de uma nota publicada com destaque no portal do Estadão neste sábado. Mas o mais interessante é os comentários dos leitores: “Grande bosta! Reportagenzinha.”, diz um deles; “Pessoal, vamos pegar leve. Ta na cara que trata-se de um PRESS RELEASE esquentado ou matéria paga. Nos tempos do Dr. Julio, provavelmente isto não passaria”, diz outro. Os demais comentários vão na mesma linha.

Antigamente, quando economia era uma editoria importante (com leitores ávidos de informações sobre como sobreviver ao caos da hiperinflação), criou-se um tipo de jornalismo muito sofisticado. Tratava-se do jornalismo de serviços em economia. Naquela época, colunas do tipo “seu dinheiro”, que diziam que estava na hora de investir na bolsa ou na poupança, eram mais lidas que o horóscopo. Foi aí que muitos profissionais começaram a se acharem deuses que ditavam aos homens as regras de suas vidas. E os homens acreditaram (tirando algumas poucas exceções).

Depois, veio o piloto automático. Em vez de escrever algo original, colocavam os computadores para escreverem sozinhos as colunas, com as mesmas assinaturas (dos profissionais) de antes. Até hoje, esses computares continuam a produzir o mesmo tipo de texto – do tipo, a maré está mais para bolsa, poupança, fundo de investimento ou peixe. Deve ser alguma variante de autismo, mas de caráter profissional. A novidade é que os leitores agora se manifestam na internet, e clamam por um jornalismo de melhor qualidade.

Aliás, muito insólito o anúncio de uma declaração de princípios editoriais da Rede Globo, feito no Jornal Nacional. Isenção, correção e agilidade são os pilares dessa declaração, que pelo seu próprio teor demonstra nada mais ser do que um jogo de palavras. Talvez estejam desconfiando que perderam credibilidade. Mas a hipótese mais plausível é que apenas estejam sem noção, como é de praxe!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: