o que nem sempre é dito, mas deveria ser

Normalmente, as pessoas desconhecem o que acontece por trás das câmeras de TV. Em 2009, a deficiente visual Andreia Aparecida da Silva Queiróz tomou um taxi. Após uma breve conversa, o motorista se idenficou como Luciano Huck e a levou a seu programa, em setembro daquele ano. Diante das câmaras, “deu” a ela um cão-guia. Mas ela não o recebeu até hoje.

Andreia foi informada de que havia necessidade de concluir o treinamento do cão-guia, o que levaria um ano. Cansada de aguardar, tentou entrar em contato com o produção do programa e com a entidade que lhe teria doado o animal, mas sem sucesso. Apenas no início de março de 2011 (18 meses após a “doação”) é que um dos instrutores do cão a procurou para dizer que o animal que estava destinado a ela havia morrido e que eles lhe forneceriam outro dentro de seis meses.

Hoje, Andreia não tem muita esperança de receber o cão dessa entidade, a Associação Cão-Guia do Brasil (ACGB). A fila para receber um animal em outras entidades é de no mínimo dois anos, pois é muito difícil treinar um cão-guia. Mas diante das câmaras, Luciano Huck deu um cão a Andreia.

Hoje, Huck aparece como bom mocinho em todo canto. As pessoas só conhecem a sua imagem diante das câmaras. É até bem possível que ele não saiba que Andreia está sem cão-guia até hoje, pois deve ter delegado essa tarefa à sua equipe de produção. Mas a responsabilidade é dele, e do programa que leva o seu nome.

A verdade é que é muito frequente esse tipo de coisa: a realidade por trás das câmaras não espelha o que acontece por trás delas.

Anúncios

Comentários em: "Por trás das câmaras" (3)

  1. Pois é, quem “fica” com a fama de benemérito é o Luciano Huck… que deveria, também, exigir que seus produtores cumprissem o que foi acordado com os participantes.

    Mas o sujeito tem uma blindagem muito boa. E tome Huck em tudo quanto é propaganda, programa…

  2. E pior que isso é quando se entra em contato com a produção para solicitar qualquer apoio se espera por meses se gasta mais com interurbano que com coisas que poderia usar com o propio cão.

  3. vera tavares disse:

    fica cada vez mais claro que a televisao e seus programas estao ai pra dar ibope, sem se importarem com quem quer q seja. dificilmente estes fazem algo sem visar o lucro pessoal, e , sem audiencia , nao tem programa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: