o que nem sempre é dito, mas deveria ser

                Há uma coisa de que todos gostam: (bom) humor. Mas poucos têm ideia do que vem a ser isso. Muita gente confunde humor com grosseria. É o caso do Rafinha Bastos, ao dizer que mulheres feias deveriam agradecer ao serem estupradas. A piada é tão sem graça que dispensa comentários. O que valeria comentar é o extremo mau gosto das concepções que estão por tras da frase do humorista infeliz. Mas isso muita gente já fez. O que acho que falta nessa discusão é saber qual o verdadeiro significado do humor.

Humor é algo que existe desde que a linguagem humana foi criada. Sua função é, primordialmente, aliviar tensão. Assim, em momentos de grande expectativa ou em situações hostis, o humor funciona como uma válvula de escape. Por isso, traz uma sensação de bem-estar e permite que críticas impiedosas sejam recebidas de braços abertos.

Gente bem humorada vive mais e tem melhor saúde. Lembro que há muito tempo fiz uma matéria sobre humor e uma entrevistada, psicológa que havia escrito um pequeno livro sobre o assunto, contou-me uma história interessante. Um paciente de um amigo dela, que era médico, estava desenganado. Haviam lhe dito que ele teria apenas seis meses de vida. O desenganado decidiu, então, tornar seus ultimos meses de vida os melhores de sua passagem pela Terra. Entre as medidas que adotou para isso estava a decisão de alugar vídeos e assistir uma comédia por dia. Ao final dos seis meses, estava curado.

Ao longo do tempo, o humor se sofisticou. Tornou-se uma arte. Seu ápice de sofisticação costuma ser chamado de comédia, algo que exige perfeito domínio de linguagem, timing perfeito, observação perspicaz e uma série de outras qualidades. Talvez por isso que seja muito difícil encontrar bons comediantes. Temos a (boa) sorte de ter uma excelente safra de mulheres que são ótimas comediantes atualmente na TV brasileira: Ingrid Guimarães, Heloisa Perrise, Andrea Beltrão, Fernanda Torres, Maria Clara Gueiros…

Mas há artistas que se concentram em algum aspecto específico do humor, como o sarcasmo. Até aí, tudo bem. Normalmente esses são os chamados humoristas. São donos de uma lábia fenomenal e constroem risos usando como matéria prima a observação de nuances da vida cotidiana que normalmente passam despercebidas ao restante dos mortais. A maioria deles despreza as normas do politicamente correto, tão em voga hoje em dia, por considerarem uma camisa de força para a sua missão de criticar o mundo através do humor. Eles até que estão certos. Nada como usar uma frase politicamente incorreta para mostrar a fragilidade de seu conteúdo e, desta forma, implodi-lo. Mas isso é muito diferente de reproduzir esse conteúdo, como fez Rafinha Bastos, o que poderia até fortalece-lo em determinados terrenos.

Rafinha é um dos que diz se apresentar em um gênro conhecido como Stand Up Comedy. É aquela apresentação de um homem só, que dialoga com sua platéia, fazendo graça com o cotidiano, com aquelas sacadas inusitadas e insólitas. Isso não é tarefa para qualquer um. Pelo menos não para um Rafinha Bastos

(A caricatura usada no post foi feita pelo Dinho).

Anúncios

Comentários em: "Considerações (mal) humoradas sobre um humorista infeliz" (1)

  1. vigilante alerta disse:

    é triste ver que pessoas da mídia tenham a burrice como aliada.
    NÃO ASSISTO MAIS O CQC,pois vejo que o sucesso subiu a cabeça deles. No brasil onde as mulheres são tratadas com tanta intolerancia, pois se matam mulheres a vontade aqui, e esse infeliz vem com piadinhas desse nivel.
    É DE CHOCAR . eU TENHO IRMÃS e sobrinhas ,e zelo por elas, e me considero pequeno guando vejo que pessoas estudadas e com compreensao de mundo,somente para ganhar um dinheiro,esquecem que o respeito é a grande chave da tolerancia .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: