o que nem sempre é dito, mas deveria ser

Tesouros ocultos

Tive o privilégio de viver a efervescência de 1968. Tinha acabado de entrar no Colégio de Aplicação da Faculdade de Filosofia da USP e estava com 11 anos. Os anos seguintes foram os mais incríveis que vivi!

O Aplica, como chamávamos nosso querido colégio, liderava o movimento estudantil da época. Não surpreende, portanto, que a ditadura tenha decido acabar com uma experiência inovadora como aquela, quer formava cabeças pensantes. O Aplica virou uma escola “comum” quando eu estava no terceiro ano do ginásio, mas seus alunos e professores continuaram fazendo dele algo único e inesquecível. Foi lá que aprendi a investigar fatos, debater assuntos e argumentar claramente. Ou seja, devo ao Aplica tudo o que sou hoje.

Tão marcante foi essa experiência que, passadas quatro décadas, minha turma ainda se reúne eventualmente e mantém contatos frequentes por e-mail, em que discutimos de tudo: filosofia, política e a vida em geral. Muitos de nós têm visões diametralmente opostas, mas todos se respeitam.

Pois recebi um e-mail de um desses amigos em que ele relembra um monte de vivências pelas quais passamos, desde a fase beatles, sexo, drogas e rock n’roll até a atual, em que há Dilma, Marina, Serra, Berlusconi etc.Lembrou-me de muita coisa que ficou esquecida em meio às preocupações atuais. E me fez pensar em várias coisas.

Houve um tempo em que a nossa vida era sonhos e projetos, mas hoje ela virou consumo e negócios. Não sei quando isso aconteceu. Foi algo que nós não nos demos conta. Acho que tenho saudades do sonho e me recuso a aceitar que ele acabou.

Estou chegando a um ponto em que a vida começa a ser feita de recordações, pois as vivências vão se acumulando com o tempo. Fiquei emocionada ao recordar algumas das mais importantes lembranças que carrego em minha vida e descobrir que elas se tornaram um tesouro.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: